Design estratégico: o que é e como aplicar em seu negócio

Luana Flor - 28 de julho de 2022

O que é design estratégico e como aplicar em seu negócio

O que é design estratégico e como aplicar em seu negócio

A aplicação do design estratégico ganha importância nas corporações, à medida que o design tradicional passa a ser mais valorizado.

As empresas estão investindo na criação de identidade visual e branding para criar marcas com autoridade e presença notável na internet.

Como o design é fundamental para a aplicação dessas estratégias de publicidade, é preciso abrir um espaço para debater como está seu desenvolvimento e quais são as suas mais novas práticas.

Em nosso artigo, vamos desmistificar a ideia de que “design é gosto pessoal”, falar sobre o conceito dessa forma de pensar, por que é importante aplicá-lo e quais habilidades são necessárias. Continue a leitura:

Afinal, o que é o design estratégico?

A tradução da palavra “design” é “projetar”, diferente do que muitas pessoas imaginam, que seja apenas “desenhar”.

Isso quer dizer que o conceito dessa palavra não está vinculado somente às habilidades criativas e estéticas, mas também ao planejamento, visão de negócios e tendências.

Nesse ponto, o design estratégico oferece uma atualização na forma de executar tarefas para outros tipos de design, como o gráfico ou digital.

Porque, quando pensamos que este método é a forma de enxergar o desenvolvimento de um projeto, o circuito ganha outros aspectos como a aplicação de estratégias, tecnologia e visão holística.

O objetivo principal nessa forma de pensar o design é potencializar os ganhos financeiros do negócio através da melhoria em processos criativos.

Quais profissionais se envolvem com esse conceito?

Em geral, qualquer designer pode desenvolver aptidão para trabalhar com design estratégico, se essa técnica foi implantada no DNA da empresa.

A diferença entre um designer comum e um designer estratégico está em alguns pontos a serem trabalhados, como:

  • gestão;
  • visão holística;
  • planejamento;
  • visão de futuro;
  • antecipação de cenários;
  • sair da zona de conforto;
  • desafiar padrões;
  • buscar o bem-estar comum;
  • propor ideias inovadoras e soluções criativas;
  • entender de metodologias ágeis.

Por se tratar de uma abordagem contemporânea, é essencial que o profissional tenha facilidade para trabalhar com equipes multidisciplinares e um repertório amplo. 

Além disso, o profissional que desenvolve seus projetos com visão estratégica deve entender as demandas do seu negócio, e buscar soluções reais que podem revolucionar mercados.

Habilidades importantes para um designer estratégico

🖌️ Design

🖌️ Inovação Social

🖌️ Tecnologia e Tendências

🖌️ Storytelling para criação de narrativas

🖌️ Estratégias de pesquisa

🖌️ Design experimental

🖌️ Ferramentas para criatividade e gestão de serviços

🖌️ Métodos ágeis

🖌️ Branding

🖌️ UX Design e Produtos Digitais

Design Estratégico e Design Thinking: qual a relação entre eles?

Considerando as habilidades que apontamos, é possível perceber que as estratégias de design estão diretamente interligadas a outros métodos de trabalho, como o design thinking.

Antes de iniciar qualquer projeto, é preciso criar um planejamento: o design thinking é responsável por auxiliar na escolha das melhores ferramentas para execução da solução.

👉 UX e Design Thinking: porque seu negócio precisa deles?

Ou seja, o designer vai se basear em características do design thinking para analisar e sugerir modificações de melhorias, para depois executá-las aplicando seu pensamento estratégico.

Por que investir nessa área?

O design estratégico contribui com o negócio em muitas frentes, mas principalmente no engajamento da equipe de marketing para efetuar melhorias constantes.

As vantagens em investir nessa área podem variar de acordo com o tipo de negócio e o quanto a equipe está engajada nessa forma de pensar, e se faz parte da cultura da empresa.

Mas, em geral, alguns dos benefícios são:

 

  • Maior eficiência: se o designer sempre está atento, as soluções podem ser efetuadas rapidamente, e gerar assim, maior eficácia.

 

  • Aproximação de colaboradores: como os apontamentos exigem mudanças em diversos setores da empresa, é natural que a equipe fique mais unida e se torne mais colaborativa.
  • Inovação e atualizações: a constante atualização dos elementos da marca exige que a equipe esteja antenada e sempre busque aplicar conceitos inovadores.

👉 Como construir uma Identidade Visual poderosa

Como aplicar esse método em seu negócio? Conheça o passo a passo

Criamos um passo a passo simples para que você consiga começar a aplicar o design estratégico no seu negócio. Veja:

Passo 1. Analise o cenário atual

O primeiro passo para criar uma boa gestão de design pensando de forma estratégica é analisar o que foi feito até o momento e em que pé está cada coisa.

Esse é um passo simples, mas é comum que no dia a dia os gestores percam um pouco desse olhar holístico por estarem sobrecarregados com outras tarefas.

Tirar algum tempo para analisar vai auxiliar no reconhecimento do negócio e na identificação de possíveis melhorias.

Passo 2. Aprenda com seu público

Depois de explorar o cenário atual, é hora de entender como o público vê a sua marca.

Assim, é possível alinhar as expectativas entre aquilo que a empresa deseja transmitir e o que o seu público-alvo realmente espera.

👉 Como impactar efetivamente o seu público?

Por mais que o empreendedor tenha idealizado o negócio e queira tomar decisões baseado em seu “ponto de vista”, não adianta criar ideias magníficas se os consumidores não se identificarem com elas. 

É assim que fica nítido o quanto o olhar do público-alvo é essencial para o sucesso de uma empresa.

Passo 3. Execute muito

Separar algum tempo para analisar e planejar é o primeiro passo, mas é a parte de executar que mudará tudo.

Por isso, considere criar uma rotina em que as melhorias constantes estejam presentes, ainda que sejam implementadas aos poucos. 

Há um ditado que diz “devagar se vai ao longe”, e isso se aplica aqui. Sem execução, é impossível ter resultados e melhorias implantadas.

Passo 4. Analise novamente e retome o processo

O último passo é muito parecido com o primeiro: analise e retome o processo.

Isso acontece porque, como citamos anteriormente, o design estratégico está interligado à forma de pensar dos colaboradores, e portanto, é um processo sem fim; deve ser executado de forma recorrente.

Ao concluir uma melhoria, é preciso voltar à primeira etapa e criar novas estratégias para outros pontos a serem melhorados.

 

Nesse artigo conversamos sobre o design estratégico, o profissional da área, suas vantagens e até demonstramos como aplicá-lo em seu negócio. 

Quer saber mais sobre esse mindset e outros conceitos importantes do marketing digital? Conheça a Integração Digital. 👇

Entre em contato com um especialista agora. ☎

Fazer um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *