Seg a Sex : 08:30 - 17:30
Rua Fernandes Pinheiro, 287 -A Tatuapé
contato@integracaodigital.com.br
(11) 3181-5076 | 3181-5077

Blog - Integração Digital

early-adopter-como-lançar-produtos
27
fev

Early Adopter: como lançar produtos campeões de vendas

early-adopter-como-lançar-produtos

Early Adopter: como lançar produtos campeões de vendas

Lançar produtos capazes de suprir necessidades latentes e que sejam atrativos aos olhos dos consumidores é um desafio e tanto. Mesmo com um estudo de mercado de dar inveja, nada melhor que validar com o usuário, receber feedbacks e realizar as correções devidas para garantir que o produto seja um verdadeiro campeão de vendas! 

Faz parte da cultura ágil e inovadora de startups lançar um MVP (Mínimo Produto Viável) antes da versão final. Os testes são realizados com Early Adopters, que oferecem feedbacks importantes para o aprimoramento do produto, contribuindo para um aumento no market share. 

Enquanto isso, no universo das empresas mais tradicionais, os Early Adopters são peças fundamentais para alavancar o produto/ serviço no mercado. Isso visto que representam um grupo estratégico de consumidores: apaixonados por produtos recém-lançados, viver novas experiências e mega influentes no mercado. 

Mas, quem são esses Early Adopters, afinal? Como incluí-los em minha estratégia de lançamento de produto? A resposta para essas perguntas e muito mais você terá logo a seguir. Siga com a leitura e descubra tudinho! 

 

Quem são os Early Adopters?

O termo surgiu a partir dos estudos de Everett Rogers, pesquisador renomado na área da inovação. Em sua obra “The Diffusion Of Innovation” (1962) ele revela a teoria da difusão de inovações, segundo a qual uma nova ideia, produto ou comportamento só se estabelece na sociedade ao passar por diferentes grupos de consumidores.

Considerado o segundo grupo, os Early Adopters “adotantes iniciais” são aqueles que promovem a adoção da inovação, de novos produtos e soluções. Sem medo de arriscar, eles gostam de experimentar novidades e compartilhar suas percepções com o mundo. Essa prática encoraja outros grupos de consumidores a adquirir, fortalecendo a presença do produto até que este esteja consolidado no mercado.

Conhecido por Innovators “inovadores”, o primeiro grupo é formado por especialistas e aficionados por tecnologia, ou qualquer outro nicho (viagem, café, séries entre outros). Gostam de explorar as novidades do mercado, mas costumam divulgar apenas para sua roda de amigos. Com eles a divulgação é lenta.

Na sequência, temos o Early Majority “maioria inicial” que influenciado pelas percepções dos Early Adopters começa a adquirir o novo produto, expandindo o mercado de atuação dele. Seguido pelo grupo Late Majority “maioria tardia”, apesar de relutar para sair da sua zona de conforto, não admite ficar para trás e acaba aderindo à solução.

Por fim, temos os Laggards “retardatários”. Tradicionalistas, odeiam mudanças. Contudo, costumam aderir quando não há mais como viver com a versão antiga, ou o produto que gosta deixa de ser comercializado. 

 

Porque lançar produtos com Early Adopters é uma boa estratégia

Os Early Adopters representam 13,5% dos consumidores, uma fatia humilde se comparado com os demais grupos. Porém, seu poder de influência compensa sua participação de mercado baixa. Isso porque é o único que impulsiona as vendas.

Curva de adoção de produto

 

Além disso, os Early Adopters estão abertos a compartilhar suas opiniões e experiências com as marcas. Logo, eles oferecem feedbacks importantes para as empresas aprimorarem seus produtos antes de atingir um público maior, como é o caso das startups

Mas, o que torna os Early Adopters tão especiais? Qual a melhor abordagem para se conectar com esse público? Confira uma logo abaixo 5 características marcantes desse grupo: 

 

  1. Apaixonados por novidades 😍

Sempre à procura das novidades, os Early Adopters são movidos pela oportunidade de ser um dos primeiros a testar ou adquirir um produto recém-lançado no mercado. Desconhecem a zona de conforto e se sentem confortáveis com mudanças. 

Como mudar hábitos já faz parte da rotina deles, o  segredo está em criar algo que traga valor para sua vida e solucione uma de suas necessidades. Seu produto atende esse requisito?

 

  1. Críticos, mas não perfeccionistas 🤔

Por dentro das tendências, os Early Adopters têm bagagem e experiência suficientes para identificar e analisar pontos fortes e fracos de uma solução. Apesar de críticos, eles não são perfeccionistas. Sendo assim, um protótipo do produto basta para que eles reconhecem o seu valor aliás, o MVP das startups cumpre esse papel. 

Por mais que hajam defeitos, se eles acreditarem no produto irão se empenhar no processo de correção. Um exemplo disso é o iPhone, que foi para o mercado sem nem ao menos fazer uma ligação com perfeição. 

 

  1. Formadores de opinião 😎

Altamente sociáveis e sempre por dentro das novidades, os Early Adopters adoram compartilhar suas descobertas. Por isso, são considerados formadores de opinião para sua rede de amigos, familiares e colegas. Além disso, gostam de manter um canal de contato mais abrangente, como blogs e redes sociais como forma de influenciar as decisões das pessoas no geral. 

Com acesso a novos produtos através da compra por iniciativa própria, ou quando procurados pelas marcas. Uma boa estratégia é associar-se a esse grupo para impulsionar e lançar produtos com alta aderência no mercado. 

 

  1. Envolvem com o produto 😊

Por mais que sejam empolgados e ávidos por novidades, caso o produto não seja interessante para eles ou sua audiência, não irão se envolver com o mesmo. Além de terem uma reputação para zelar, eles se comprometem com o sucesso da solução e gostam de acompanhar seu desenvolvimento. Por isso colaboram na correção de falhas e divulgação. 

 

  1. Correm riscos 😏

Early Adopters não são cobaias! Eles são um grupo de consumidores, só que com alto poder de influência no mercado. Para convencê-los a correr o risco de comprar ou testar seu produto você deve usar de fortes argumentos e exaltar os benefícios.

Uma dica é reduzir ao máximo as incertezas presentes em tudo que há de novo. Mostre como o produto foi feito, suas informações técnicas, esclareça sua razão de existir e confidencie os planos futuros. Faça com que eles percebam a grandeza do projeto que estão se envolvendo. 

 

Agora que você já percebeu que os Early Adopters são de extrema importância para estratégias de lançamento de produtos. Que tal valorizar a motivação desse grupo para criar produtos campeões de vendas e defensores da sua marca? 🤩🏆 Para concluir, fica uma dica de leitura — “Era do Comportamento: como impactar efetivamente o seu público“.