Seg a Sex : 08:30 - 17:30
Rua Fernandes Pinheiro, 287 -A Tatuapé
contato@integracaodigital.com.br
(11) 3181-5076 | 3181-5077

Blog - Integração Digital

era-do-comportamento-como-impactar-efetivamente-o-seu-public
21
nov

Era do Comportamento: como impactar efetivamente o seu público?

era-do-comportamento-como-impactar-efetivamente-o-seu-public

Era do Comportamento: como impactar efetivamente o seu público?

Uma pesquisa recente revelou que 39% das pessoas com intenção de comprar roupas infantis não têm filhos. 😮 Sem essa informação e indo pelo caminho mais lógico, talvez você não fosse investir em publicidade para esse perfil de consumidor, acertei? A Era do Comportamento mostra que é preciso ir além de dados demográficos para aproveitar as oportunidades de negócio!  

Com a entrada ativa da tecnologia na obtenção de dados, o marketing passou a construir sua audiência com base em sinais comportamentais. A jornada de consumo, assim como aspectos demográficos e mapa de necessidades ganhou um “colorido novo”, que permitiu às empresas serem mais estratégicas e assertivas em suas ações, acelerando seus resultados de negócio. 

O grande receio da Era do Comportamento é não permitir que os dados sejam extraídos a tal ponto que se tornem genéricos. Mas dá onde veio esse medo?😱 Muitas empresas não sabem o que fazer com a riqueza (e excesso) de informação e se deixam levar pelo “feijão com arroz”. É comum vermos marcas, após um trabalho minucioso de coleta e análise de dados,  fechar com perfis generalistas baseadas em gênero e idade. 

Mapear e classificar os perfis psicológicos do seu público é o primeiro passo. O segundo é transformar esse conhecimento em ações de comunicação, através de um diálogo relevante e que atinja as pessoas certas, que fuja da superficialidade. É preciso ficar atento, já que a generalização pode fazer com que sua empresa perca clientes em potencial. 

 

Era do Comportamento e a quebra de gêneros

Ao mesmo tempo em que vivemos a Era do Comportamento, estamos cada vez mais desprendidos dessa classificação de gênero (no sentido, “coisas de meninos e meninas”). Você sabia que tanto homens quanto mulheres se interessam por itens de decoração? Ou que 40% dos hardcore gamers adultos e sem filhos são mulheres? 💪❤

Os estereótipos estão quebrando as pernas e caindo por terra. Os próprios consumidores não reconhecem mais seu gênero como influenciador ou parte relevante no seu processo de compra. Apenas 10% ainda acreditam que ser homem ou mulher ditam seus interesses de consumo. 

Marcas que focam no comportamento são mais lembradas pela originalidade e empatia e, consequentemente, mantém em sua fatia de mercado pessoas estratégicas para o negócio. Uma forma de fazer isso é através da chamada Audiências Avançadas, uma ferramenta do Google que liga comportamentos-chave com ações de marketing. 

 

Audiências Avançadas, o que são?

Esse termo foi criado pelo Google para designar interesses e intenções que não se baseiam em idade e gênero. Plataformas de mensuração de resultados do Google permitem que dados sejam analisados, em tempo real e com atualizações ininterruptas, sem levar em consideração tais parâmetros. Desta forma, comportamentos semelhantes são detectados e organizados para uso das marcas. 

Um histórico de resultados apontou que campanhas focadas em comportamento apresentam 20% mais ad recall (recordação comprovada) e 40% mais intenção de compra do que campanhas segmentadas por dados demográficos. 

 

Que tal sua marca seguir a tendência, assim como os consumidores, e se ver livre de padrões? Desta forma você poderá aproveitar as oportunidades da Era do Comportamento, exercer vantagem competitiva, ganhar relevância e aumentar seus resultados! 😁

 

Fontes:

Google Internal Data 2019

Google Consumer Survey, Brasil 2018

Google Brand Lift, Global, Análise de smartphones feita entre outubro de 2016 e março de 2017

Google Brand Lift, Global, Análise de smartphones feita entre julho de 2017 e junho de 2018

Deixe sua pergunta