Seg a Sex : 08:30 - 17:30
Rua Fernandes Pinheiro, 287 -A Tatuapé
contato@integracaodigital.com.br
(11) 3181-5076 | 3181-5077

Blog - Integração Digital

20
set

Faculdade x Realidade

Faculdade x Realidade

A grande maioria das vezes a prática se distância bastante da teoria. Ser flexível e saber contornar situações é muito importante no dia a dia. A faculdade oferece uma bagagem muito intensa de informação e contatos e de fato é extremamente recomendável para todos, mas a prática do dia a dia pode eliminar alguns fatores que eram imprescindíveis na faculdade.

Faculdade

Aproveitar o período acadêmico é fundamental, absorver todo conteúdo disponível e fazer amigos é o que facilita o caminho até a conquista dos seus objetivos. A graduação é o momento perfeito para entender o mercado que você deseja ingressar e se ele de fato estabelece alguma ligação com a sua personalidade.

Por se espelhar tanto na formação e talvez não visualize o ponto de vista competitivo, as universidades não levam em consideração alguns atributos fundamentais para o desenvolvimento dos alunos no mercado de trabalho. Se apoiar a teoria é fundamental para criar um hábito de pesquisa e valorização da informação, mas manter o padrão voltado apenas a isso e não questionar a prática, a rotina de trabalho dos profissionais que estão formando é algo questionável.

Realidade

Acontece que grande parte do que você absorve da universidade mantém e contribui para o desenvolvimento de suas tarefas diárias no trabalho, mas grande parte do que é exposto a você perde parte do sentido quando aplicado a um cliente real que almeja resultados reais. Adaptações, otimizações e até cortes precisam ser feitos na teoria para que ela se adeque a prática. Na maioria das universidades não nos mostram formas diferentes de resolver problemas constantes em uma empresa, mas sim a realizar questionamentos sobre fatos que mesmo sendo importantes não são imprescindíveis a um negócio.

I(ingressar no mercado de trabalho é estar preparado para todo tipo de situação e ser flexível quanto a academia, e principalmente não hipervalorizar o conhecimento obtido por ela e menosprezar pessoas que não os possuem. Muitas vezes essas mesmas pessoas trabalham melhor com soluções do que alguém formado em uma grande universidade.